Turma confirma competência da JT para julgar ação de brasileiro que trabalhou em navios da MSC

A Primeira Turma rejeitou agravo regimental da MSC Cruzeiros do Brasil e MSC Crociere, confirmando a competência da Justiça do Trabalho para julgar conflito entre trabalhador brasileiro contratado no Brasil para prestar serviços a bordo dos navios de cruzeiro em vários lugares do mundo.


Criado: 17 de março de 2015
Palavras-chave: processo competência navios