DDS - Palpitação


Aceleração do número normal de batimentos cardíacos por minuto (caso em que é chamada "taquicardia) ou alteração no ritmo desses batimentos. Isoladamente, sem outras manifestações, a palpitação (popularmente "batedeira") pode ainda significar uma simples reação fisiológica a estímulos como cansaço, esforço físico, excitação etc.

Em certos casos, porém, pode fazer parte do quadro de sintomas de algumas doenças ou distúrbios (por exemplo: hipertensão, hemorragias, febre, anemia, hipoglicemia, aerofagia, flatulência, intoxicação por drogas estimulantes). A aceleração dos batimentos pode decorrer também de súbitas tensões emocionais (por exemplo, quando se leva um susto).

O que fazer

  1. Se você tem alguma doença cardíaca e as crises de palpitação se intensificarem, volte ao médico;
  2. Durante as crises, permaneça em repouso absoluto. Peça a alguém que conte suas pulsações por minuto no pulso e anote esse dado, que será importante para o médico;
  3. Palpitações esporádicas, especialmente em situação de cansaço ou tensão emocional, não tem importância: descanse, relaxe-se e, quando muito, tome um calmante suave;
  4. Se as palpitações forem muito freqüentes ou prolongadas, procure o médico.

Compartilhe


Dados do artigo


Qtde. Acessos
5354
Fonte
Recebido por e-mail
Criado
29/04/2015 07:59
Categorais
Palavras-chave